Consciência Social – Saiba seu papel na sociedade

“Conceito de consciência social. A palavra consciência provém do latim conscientĭa, que significa “saber/ter conhecimento de…”. Trata-se do ato psíquico que permite que a pessoa se enxergue no mundo, isto é, tenha noção da sua existência no mesmo.

A consciência social, por sua vez, pode ser definida como sendo o conhecimento que uma pessoa tem do estado dos restantes integrantes da sua comunidade. Um indivíduo que tenha consciência social é precisamente consciente de como o ambiente pode favorecer ou prejudicar o desenvolvimento das pessoas.”

site: https://conceito.de/consciencia-social

Muitas pessoas desconhecem as injustiças sociais em sua comunidade e são complacentes com os principais desafios que o planeta enfrenta. Elas assumem um papel ativo de ignorância e direito, e são apáticos à pobreza, à guerra e às mudanças climáticas. Eles não têm crenças políticas entusiasmadas e poucos têm interesses ou convicções significativas. Isto é o que significa ser socialmente inconsciente.

Isso pode ser atribuído a muitas coisas diferentes. Uma delas é a falta de inclusão social.

O que é Inclusão Social

A inclusão social tornou-se um pouco de uma frase vibrante na sociedade hoje. “Eu não sou racista, mas …” tornou-se quase uma piada para aqueles que não podem aceitar que todos operem através de preconceitos em um nível ou outro.

No entanto, ainda é uma frase comum usada para desculpar os pensamentos de uma pessoa em outra cultura. O racismo ainda está profundamente integrado em nossa sociedade, mas seu trabalho está em uma posição importante para pressionar pela mudança.

Uma definição de Inclusão Social

A maioria concorda que a inclusão social pode ser definida como uma série de ações afirmativas realizadas para reverter a exclusão social de indivíduos ou grupos em nossa sociedade; Portanto, é importante entender o que é a exclusão social.

 

 

 

A falta de inclusão social pode ser vista como sendo aparentemente inerente em todo o mundo. Algumas pessoas desejam uma sociedade homogênea para viver. Basta ir de férias para um país onde as pessoas que parecem raras podem resultar em olhares, perguntas, fotografias e até mesmo rejeições de uma sociedade que simplesmente não entende você.

A falta de consciência social e as diferenças culturais têm uma longa história e são o principal motivo de medos, conflitos e segregação, resultando nos efeitos de uma visão negativa da inclusão social. É fácil para alguns aceitar todos, em todo o mundo, independentemente da idade, cor da pele, religião ou cultura. Mas, muitas pessoas não. Para entender isso, você deve analisar e aceitar as formas quase ancoradas de racismo e perseguição que existiram e foram consideradas normais, ao longo da história do mundo inteiro.

 

 

 

Então, o que você pode fazer para desafiar e combater esses pensamentos e sentimentos, que podem ter um impacto profundo na identidade e na vida de uma pessoa? Como você apoia a inclusão e consciência social?

 

Veja o vídeo abaixo sobre Educação e Inclusão Social, Desigualdade e Diversidade da Univesp – Universidade Virtual do Estado de São Paulo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *